Pelo F10, você pode emitir boletos registrados para recebimento de mensalidades. Esta funcionalidade está disponível para os seguintes bancos: Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, Santander, Sicoob, BRB, Caixa Econômica Federal e Sicredi.


ATENÇÃO! Verifique com nossa área comercial se a opção de geração de boletos está disponível em seu plano. 

No caso, você poderá emitir a quantidade de boletos contratados através do seu plano no F10 emitindo boletos para seu banco.


O processo completo é composto por 6 passos, que vai desde  a criação do contrato do aluno até a conferência das baixas dos pagamentos, veja abaixo:


LEIA COM ATENÇÃO


Não há vínculo entre o F10 e o banco, o vínculo é entre sua empresa e seu banco, de forma que os valores recebidos pelo pagamento de seus clientes caem diretamente na conta que você informar na configuração do boletos.


Verifique com seu gerente no banco se sua conta está habilitada para emissão de boletos registrados. 

Se sua escola estiver emitindo boletos bancários pela primeira vez, deverá fazer uma solicitação ao seu banco e firmar um contrato para a emissão de boletos e também questionar seu gerente sobre as tarifas que irá pagar ao banco para utilizar este serviço. 


A F10 Comércio de Computadores de Softwares Ltda não tem participação nem responsabilidade sobre as relações comerciais tratadas ou exigidas pelo banco para sua empresa.

É importante você estar ciente também a respeito de nossos termos de uso.

Antes de informar os dados de boletos em sua conta no F10, confirme com seu gerente os dados que você vai precisar para configurar os boletos (você encontra esses dados em algum boleto já emitido pela conta):

  • Banco do Brasil: Carteira padrão (normalmente 17); Variação da carteira (normalmente 19) ; Agência (sem dígito); Código Beneficiário; Número do convênio e último "nosso número" utilizado (opcional, caso já tenha emitido boletos por essa conta).
  • Bradesco: Carteira padrão (normalmente 09) ; Agência (sem dígito); Código Beneficiário e último "nosso número" utilizado (opcional, caso já tenha emitido boletos por essa conta).
  • Itaú: Carteira padrão (normalmente 109); Agência (sem dígito); Código Beneficiário e último "nosso número" utilizado (opcional, caso já tenha emitido boletos por essa conta).
  • Santander: Carteira padrão (normalmente RCR); Agência (sem dígito); Código beneficiário e último "nosso número" utilizado (opcional, caso já tenha emitido boletos por essa conta).
  • Sicoob: Carteira padrão (normalmente 1); Agência (sem dígito); Modalidade (normalmente 01) ; Código beneficiário (sem dígito); Conta corrente (com dígito) e último "nosso número" utilizado (opcional, caso já tenha emitido boletos por essa conta).
  • Caixa: Número de carteira padrão: tipo de boleto que irá emitir (normalmente SIGCB); Agência: número da agência; Código do beneficiário: número da conta corrente.
  • Sicredi: Número da carteira padrão: tipo de boleto que vai emitir (normalmente A); Modalidade: dígito da modalidade (normalmente 1); Código do beneficiário: número de registro da sua conta junto ao banco; Nosso número; Agência com dígito do posto: número da agência.


AGORA, ACESSANDO O F10...


Para configurar, o primeiro passo é criar os dados de sua conta e banco no F10.

Acesse a aba "Financeiro"  -> clique em "Caixas e Bancos" -> clique no ícone "+" (conforme abaixo). 


Preencha todos os dados solicitados, se você já emite boleto bancário, é só copiar os dados de um boleto já emitido (segue abaixo exemplo). Se tiver dúvidas sobre o preenchimento dos campos, acesse este artigo que descreve todos os campos.


Leia com atenção as regras de emissão no F10. 

  • Verifique se o CNPJ está correto.
  • Após configurar a conta e antes de começar a enviar boletos aos seus clientes pelo F10, é fundamental que entre em contato com o gerente da sua conta no banco e siga o processo de homologação para iniciar a emissão de boletos pelo F10 com o padrão CNAB 400 ou CNAB 240. 
  • Embora varie de banco para banco, geralmente essa homologação envolve a emissão de alguns boletos para teste em valor simbólico e o envio do arquivo de remessa. 


Após a homologação juntos ao seu banco, sugerimos estes passos:


1. Emita um ou mais boletos para sua própria conta, depois envie o arquivo de remessa ao banco para registrar os boletos emitidos. 

2. Efetue o pagamento através de outro banco, caixa eletrônico ou casa lotérica e verifique se os valores caem realmente em sua conta.
3. A compensação do valor pago geralmente ocorre em até 2 dias úteis, e após essa confirmação, você já pode emitir boletos aos seus alunos!


Próximos passos...


1. Para saber como Gerar os Boletos/Carnê para enviar aos alunos clique aqui.


2. Para saber como gerar o Arquivo Remessa e enviar para o banco clique aqui.


3. Importe o Arquivo Retorno para baixa automática dos pagamentos clicando aqui.


4. Faça a Conferência da baixa de pagamentos das parcelas clicando aqui.



Pronto! Agora você já pode emitir boletos com muito mais agilidade na sua escola.